Image Hosted by ImageShack.us

Algumas das minhas pinturas

sábado, 28 de novembro de 2009

O Silêncio... O meu Silêncio




A noite é das coisas mais lindas que a natureza tem, o luar, as estrelas, o silêncio…
Amo o silêncio de uma forma quase que absoluta, por tudo aquilo que me dá, pela sua essência e por me trazer tantas e tantas percepções.
É á noite que as coisas surgem com mais nitidez, e é com o escuro lá fora que a minha cabeça me consegue levar ao mais profundo do que tenho, ao meu interior…
A noite tem sido uma boa conselheira, em todos os momentos e circunstâncias, tem sido um refúgio onde me sento para rever de perto tudo aquilo que fui, tudo o que sou e o que espero vir a ser.
Nestas horas em que estou sozinha com as palavras sinto-me como que num lugar perfeito, um lugar onde apenas estou eu e mais ninguém, num lugar onde ninguém me pode ver, tocar ou sentir.
Tenho tantos sentimentos dentro de mim, tantos, tantos… Tantos sentires que são só meus, que só eu sinto. Outros que não são meus, apenas os abraço a esta hora, enquanto todos dormem.
Vivo num mundo que é meu, e no qual só entra quem eu deixo, num sitio em que sou eu própria, com todas as coisas boas, as menos boas, todas as realidades e todas as vivências, todas as aprendizagens que a vida me dá.
Aqui, agora neste quarto sou apenas um pedaço de papel escrito em linhas finas e voz baixinha para que o silêncio me consiga ouvir. Neste quarto onde sou pura imensidão, a imensidão de mim, da minha vida.



Um Silêncio perfeito e prateado que será sempre meu!

9 comentários:

Ailime disse...

Como te compreendo nesta tua reflexão sobre o silêncio!
No silêncio conseguimos encontrar espaço para nos ouvirmos e ao mesmo tempo é como que um convite à meditação e ou simplesmente à descontracção.
O silêncio é muito importante nas nossas vidas, porque no meio do silêncio, como costumo afirmar eu encontro o significado da minha vida e algum equilíbrio para prosseguir o meu caminho.
Um beijinho e um bom fim de semana.

débora disse...

Creio que quando nós queremos, conseguimos não? :)

Radamés disse...

essa é a verdade, mas é cansativo querer esquecer o que é mau mas gostar de guardar um certo rancor..

'Drii disse...

as vezes o silencio diz mais do que muitas palavras :)
e obrigada :D

beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
belo
e prateado texto
sósinho na noite
sonhando silencios . . .
,
conchinhas, deixo,
,
*

pequena amadora ^^ disse...

Antes nao acreditava nisso que muito diziam "a noite é uma boa conselheira" mas comecei a perceber qe pode ser a melhor conselheira de todas pq qd estamos no cantinho do qarto com o escuro la fora e at dentro do qarto consegimos ouvir a pessoa qe nao custumamos conseguir ouvir...NOS MESMOS. e nao ha melhor sitio qe o silencio da noit para o fazermos...

Mais um maravilhoso texto

continua assim ^^

Sophia disse...

Eu diria que e' nestes momentos que nos tornámos "um pedaço de papel escrito em linhas finas". Esta' lindo :)

Marta Gonçalves disse...

obrigada márcia, tambem gostei muito do teu blog.

vou seguir :)

beijinhos*

sara disse...

o que me dói é que perdi uma amizade preenchida com tudo de bom que eu tinha, e perdê-la assim, do nada, destruí-me completamente.
mas como a esperança é a última a morrer, eu espero que ela volte. espero.

obrigada, o texto está lindo. as tuas palavras transbordam magia.