Image Hosted by ImageShack.us

Algumas das minhas pinturas

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

...


Tirem-me tudo, mas o meu coração fica cá!!!

terça-feira, 9 de março de 2010



                                                          Sorrisos intensos
                                                  Olhares mágicos
                                         Palavras
                                      Cumplicidade rematada
                                        Saudades
                                 Grandes Silêncios
                                    Momentos Perfeitos
                             Perfeita Sintonia

EU E TU... e O NOSSO DIA-A-DIA

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Coração no Peito, Coração no Mar


O silêncio na terra
A calma no mar
Um perfeito coração
Palavras a embalar.
Palavras que habitam
No meu interior
Uma magia perfeita
Um olhar encantador.
As saudades que sinto
Que não quero esconder
Que trazem a saudade
Num trilho qualquer.
Um coração no peito
Que soubeste agarrar
Ao qual deste alegria
Um sorriso sem igual.
Uma doce melodia.
O som das palavras
Que trouxeram até mim
Aquilo que mais queria.
As tuas mãos nas minhas
Um simples acordar
Que faz toda a diferença
Até a manhã chegar.
Um misto de alegria
De um sonho invulgar.
Que aquece o meu peito
Que me leva até ao Mar.
Um Mar intenso
De natural imensidão
Que me fez brilhar
Sentir o coração.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Um novo amanhecer


Em cada manhã

Um belo acordar

Um raio de sol

Em mim a sussurrar.

A beleza das coisas

Do que é real.

Daquilo que sinto

Que me faz sonhar.

Os teus olhos em mim

A genuína inspiração

Sentimentos inexplicáveis

Pura emoção.

As saudades que sinto

Que me fazem feliz

Porque sei que encontrei

O que sempre quis.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

A leveza da Serra






O dia perfeito
o momento ideal
a leveza da serra
paisagem surreal.
O brilho da neve
dentro de mim
que me leva a sorrir
que me faz sentir assim.
O sol que espreita
no meu coração
numa pura melodia
uma doce imensidão.
A imensidão dos sentidos
colocados no peito
onde procuro a beleza
num refúgio estreito.
Um lugar perfeito
Onde quero ficar
dentro do teu peito
e continuar a sonhar...



Serra da Estrela

sábado, 13 de fevereiro de 2010


Cada palavra, um sorriso,
Cada passeio, uma surpresa,

Cada gesto, uma emoção,

Cada adeus, uma saudade,

Cada reencontro, um novo despertar,

Cada silêncio, uma sensação sem igual,

Cada abraço, um sentimento ampliado.

As tuas mãos nas minhas, o teus braços nos meus,

A tua voz dentro de mim,

A felicidade que já não consigo esconder

Quando estou contigo!

sábado, 6 de fevereiro de 2010


Duas almas

Um incessante acordar

Sombras perfeitas

Em cada olhar.

Um sopro de calma

Em mim a bater

Por entre a magia

Que sei entender.

Um coração saltitante

Que consegue sonhar

Por entre as palavras

Por dentro do mar.

Um mar de silêncios

De natural imensidão

Onde oiço a tua voz

A voz do coração.

domingo, 31 de janeiro de 2010

ABRAÇO


O abraço perfeito
Desde o interior
Onde espreita a magia
Um sorriso encantador.
A magia de ser eu
A magia do sentir
Uma alma sonhadora
Que aprendeu a sorrir.
Um céu de estrelas
Um eterno luar
Onde sonho e acredito
Onde posso sonhar.
A força das palavras
Por entre a imensidão
Dentro de duas almas
Uma linda recordação.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A magia do Sonhar...


 

O sonho perfeito
O sonho ideal
que leva e trás magia
Que me faz acreditar.

A magia das coisas
Na suavidade do sentir
que me leva para longe
que me faz sorrir.

Sorrisos perfeitos
do coração até a voz
Caminhos estreitos
Da alma até nós.

domingo, 24 de janeiro de 2010

Noite Perfeita



Para melhor muda-se sempre, nem que para isso tenhamos que dar mil voltas á vida, á esfera invisível que temos á nossa volta e que tantas vezes nos faz duvidar de tudo e de todos…

Cabe a cada um ter a força necessária e a ousadia de tentar ver a beleza onde ela nem sempre existe, ou onde por vezes por teimosia ou parvoíce não queremos ver, foi isso que eu fiz. Vi a beleza nas mais pequenas coisas, coisas que aos olhos de muitos são exíguas, banais, insignificantes, mas que para mim fazem toda a diferença. Vi a beleza de ter na minha vida alguém como tu…

Tive a noite mais linda dos últimos tempos, muitos sorrisos, conversas, palavras, música e a companhia perfeita. Foi bom. Foi bom passear contigo, fez-me bem ao coração e á alma. Senti-me á vontade ao pé de ti. Nada podia ter sido mais perfeito, nada mesmo.

De tudo, da minha vida nos últimos tempos, das minhas vivências, tiro uma conclusão tardia mas atempada ao mesmo tempo, devemos viver intensamente cada minuto, mesmo. que o coração hesite O meu hesitou, mas a razão falou mais alto!
Tenho-te na minha vida, apesar de não te ter deixado entrar nela ao principio, mas tudo mudou, para melhor.

Hoje não me importa de mais nada, só quero continuar a sorrir…

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

O meu mundo




Vou mostrar-te o meu mundo tal e qual como ele é, vou levar-te para dentro das minhas palavras, destes sentires que só eu conheço, só eu te consigo explicar, vou mostrar-te o lugar lindo e mágico que possuo, onde nutro os mais belos sentimentos, a pureza de ser eu, sem distorcer, sem abreviar as coisas, sem encurtar verdades, porque eu sou assim e nada nem ninguém vai mudar o meu mundo.

Este mundo cor-de-rosa que por vezes é envolvido por nuvens cinzentas, mas que nunca perde o brilho, este mundo que é meu por direito, porque eu acredito na vida, na beleza das coisas, na verdadeira amizade e imagina tu que ainda consigo acreditar em Amor! Vou falar-te de sorrisos, de pensamentos intensos, vou ensinar-te a ouvir o mar, o cheirinho da maresia, mesmo longe. Vou ensinar-te a voar, a levar o pensamento pra longe, vou mostrar-te o luar e o verdadeiro sentido da noite. Vou sentar-me contigo numa estrela e fazer-te acreditar na simplicidade das coisas, e ai vais perceber o quão lindo é o meu interior e que a beleza de tudo está apenas na verdade.

Nesse instante vais entrar num mundo rematado, um mundo cheio de tudo, mas e, sobretudo um mundo pra sonhar. Um mundo pequenino onde vivo intensamente a cada minuto.


segunda-feira, 18 de janeiro de 2010



Consegues ver o brilho no meu olhar? Vês que desta vez não fugi? Senti-me bem ao teu lado e ainda bem que tenho na minha vida alguém como tu, ainda bem que te encontrei, por acaso ou não, o certo é que trouxeste á minha vida outras cores e  outro sentido. Devo-te alguns pedidos de desculpa por ter andado a "fugir" de ti até hoje. Não foi por medo, ou por receio de nada, foi apenas porque não deu ou porque sou uma tonta!
Não tenho nada a perder, nada mesmo!
A promessa que te fiz está de pé, e vamos sair mais vezes, não te preocupes que vamos! E para a próxima não vão ser só uns minutos, mas uma tarde... sei lá... depois vemos.
Gostei de te ver, gostei de te olhar, gostei da tua companhia.

GOSTO DE TE TER NA MINHA VIDA!

domingo, 17 de janeiro de 2010

Voar




Quero voar
por entre o azul
o infinito luar.
Por entre beleza
a vontade de sonhar.
Quero ser a certeza
Por entre a imensidão
Pelos caminhos da vida
Seguir o coração.
Um CORAÇÃO que não mente
e que sabe sentir
Que chora e que brilha, que sabe sorrir!
Quero uma vida completa
cheia de emoção
Quero ser alma liberta
Uma eterna canção.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Adeus... até sempre!



Um dia aparentemente como os outros, ao fim da tarde uma triste noticia...
Perdi mais um Amigo, um Amigo que teve um fim de vida sofrido e cheio de angústia, um Amigo que deixa muitas saudades, um ser humano verdadeiro que nunca deu uma má palavra a quem quer que fosse.
A minha alma está de luto, mas no coração vou guardar todos os bons momentos, todas as horas de partilha, de conversa e de Pura Amizade.

ATÉ SEMPRE AMIGO!


As palavras não saem... tenho o coração desfeito.

sábado, 9 de janeiro de 2010

Rosa Intenso



Vagueio nos sentidos

Numa paz aconchegante

Neste rosa intenso

Perfeito e estonteante.

O som da maresia

A suavidade do mar.

A límpida sinfonia

Que aqui venho encontrar.

Palavras encontradas

Semeadas no peito

Onde encontro um sorriso

Um sonho perfeito.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010



Uma força que abraço

Que consigo agarrar,

Que me trás um sorriso

E um brilho no olhar

A vida agarrou-me

E trouxe até mim

Um arco-íris de sonhos

A beleza de um jardim.

O coração dentro do peito

A simplicidade do olhar

As palavras mais intensas

Uma folha pra rabiscar.

Sentimentos desenhados

Numa alma particular

Onde divago nos sonhos

Onde consigo sossegar.

A verdade dos sentidos

Os sons do coração

A certeza que tenho

A força de um furacão.

Um ano de 2010 muito feliz a todos!
Não se esqueçam nunca que o sonho comanda a vida, e sonhar é sempre preciso…

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009



Sinto o coração a bater forte, nuns batimentos que há muito não sentia. Uns batimentos que me fazem sorrir, por dentro e por fora, como por magia.

Não sei se o caminho para onde esta magia me vai levar, sei, apenas e só que me sinto bem assim, sinto-me bem ao teu lado, na tua companhia, sinto-me a renascer de dia pra dia, e faz-me tão bem. Quando estou contigo volto a ver as cores que tinham esmorecido da minha vida, as tonalidades mais intensas e marcantes. Gosto da forma como olhas para mim, da forma como me fazes sentir, sinto-me uma adolescente quando te vejo, fazes-me bem, sinto-me calma quando falamos, gosto da cumplicidade que aos poucos construímos, sinto que és uma das pessoas que faz a minha vida ter mais cor e mais sentido.

És o Amigo presente que eu tanto precisava e que não procurei, mas encontrei, que este seja o inicio de uma linda história de cumplicidade.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Quero...




2009 está a chegar ao fim… 2oo9 foi um ano muito marcante na minha vida, um ano de muita aprendizagem, de novas descobertas, de grandes revelações. Um ano que me marcou imenso de uma forma mais negativa do que eu estava á espera. Neste ano quero deixar todas as coisas menos positivas, abandoná-las de vez, dar-lhe o rumo que tanto merecem. De 2009 vou guardar grandes e eternas recordações, grandes momentos, lindas pessoas que tenho na minha vida, os verdadeiros amigos, as pessoas que me fazem sorrir, que me preenchem o coração por dentro, vou guardar a beleza das coisas mais sublimes, mas verdadeiras que vivi, vou guardar o que é digno de ser guardado!

Não quero, de forma alguma, arrastar as coisas que me magoaram ou me feriram a alma para este ano que não tarda a chegar, porque essas coisas têm o valor que têm, e afinal não me servem de nada, não me enaltecem, não me orgulham, apenas e só me fizeram crescer e ser mais eu.

Em 2010 espero continuar a viver como nestes últimos meses da minha vida, quero continuar a apreciar as pequenas e raras sensações que a vida me queria oferecer mas que eu teimava em repelir. Quero continuar a divertir-me, quero sair, quero conhecer pessoas novas, quero tudo o que mereço, quero continuar a ser feliz e tornar o meu sorriso nos mais belos do mundo, quero ser livre, quero aproveitar a vida da melhor forma e fazer sorrir as pessoas que amo.


Quero e vou guardar no meu coração os sonhos, as vontades, os sentires, as verdades, a pureza dos sentidos, a certeza que tenho tudo para ser Feliz!


Em 2010 quero:


Grandes Abraços,


Pequenos mas Grandes gestos


Quero sorrisos


Quero Amor!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Feliz Natal



Um Natal cheio de coisas boas e um 2010 feliz e repleto de felicidade a todas as pessoas que visitam o meu cantinho e que estão no meu coração.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Sinto...



Sinto-me livre,
Sinto-me bem,
Sinto-me feliz!

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

SORRISO




Mesmo quando a chuva não pára de cair sinto uma leveza dentro do peito, uma sensação de harmonia e de bem-estar comigo própria, há uns tempos para cá sinto-me como há muito não me sentia, sinto-me mais mulher, mais eu, sinto-me livre, de pensamentos de recordações más, sinto-me como o vento, como a chuva que caí de mansinho, tão levemente, sinto uma imensidão de coisas que não sou capaz de explicar.

Nesta altura da minha vida as coisas surgem com mais clareza na minha cabeça e no meu coração, de tal forma que já não dou valor a coisas que há uns tempos atrás fariam todo o sentido e mereceriam toda a minha atenção, e que hoje são coisas banais, coisas sem a menor importância.

Encontrei o equilíbrio dentro de mim, uma razão para existir e para querer ser mais eu. Momentos passados, memórias eloquentes, sentimentos de culpa?!!! Isso já não faz sentido. A única coisa que faz sentido é o presente, os sentimentos nobres e saudáveis que construo dentro de mim, as sensações e as emoções que tenho vivido e que espero viver cada vez mais intensamente…

Felizmente posso andar de cabeça erguida e com um sorriso na boca e no olhar, não sou mais nem menos que ninguém, mas uma coisa tenho que confessar, sou sincera, não gosto de hipocrisia e de pessoas falsas, fúteis, pessoas que só vêm o seu próprio prazer e só olham para o seu próprio umbigo. Esse tipo de pessoas para mim não tem valor, nem muito nem pouco, simplesmente não têm!

A simplicidade de cada um de nós está em sermos nós próprios, está na beleza dos nossos actos e na pureza do que sentimos… SEMPRE!

Sou feliz e serei cada vez mais, o meu sorriso há-de ser cada vez maior, mais intenso e mais meu! Sou feliz com as pessoas que tenho na minha vida, todas elas, todas as pessoas que amo, todas as que me fazem sorrir, sem excepção, até porque só está no meu coração e na minha vida quem eu quero. O resto meus amigos, torna-se invisível e sem importância.

Um beijinho muito grande ao Jorgito, o meu Amigo de todas as horas, ao meu Amigo dos sorrisos, dos sorrisos verdadeiros e reais. ADOROTE, não preciso dizer-te aquilo que já sabes há muito!!!





sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Azul Mais que Perfeito



Azul perfeito



Azul ideal


Estrada de pensamentos


Que percorro em mim


Que me trás a magia


Uma magia sem fim.


Céu intenso


Concreto, particular


Por entre os sonhos


Por entre o meu Mar.


Um Mar que admiro


Que sei sentir


Que me trás encantamento


Que me enche o coração


De uma linda simplicidade


De uma enorme imensidão.




Selinho oferecido pela Pequena Amadora



Foi-me oferecido este selinho pela Pequena Amadora, (http://desejos-caprichos.blogspot.com/) uma amiga que tem um lindo blog, que costumo visitar. Com o selinho veio também um desafio, este selo-prémio tem as seguintes regras:
Citar uma frase, titulo, história sobre os seguintes seis temas:


vida, cinema, literatura, viagem, amor e sexo.
  •  A vida é a coisa mais linda que possuo, quero vivê-la e ser feliz!!!
  • Se os filmes românticos fazem sonhar então vou ao cinema.
  • A literatura é um mundo fascinante, espero conseguir realizar um sonho antigo. editar o meu próprio livro.
  • Falar de Amor... Ou se ama, ou não se ama. O Amor comanda tudo dentro de nós...
  • Sexo para mim não faz sentido, fazer amor sim. Sexo faz quem não ama, quem quer apenas um corpo sem alma.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Estou aqui!!!




Podia ter perdido o sorriso

A vontade de viver

A força para continuar…

Mas tenho Amor pela vida

Pelas coisas lindas que possuo

Pelas pessoas que tenho em mim

Tenho Amor pela natureza

Pelas coisas mais simples

O Mar, o Luar, a noite

As Palavras.

O meu sorriso ninguém mo tira…

Venham ventos…

Tempestades,

Que eu estou aqui

E nenhum deles me derruba.

Nada nem ninguém me tira o sorriso

Nem o brilho no olhar.

Ninguém!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Ventos de Mudança




Os últimos tempos têm sido de extrema reflexão e muita descoberta.



É sensato divagar pelos momentos passados, pela vida que tive e para a que tenho hoje em dia! De facto, e sem qualquer tipo de dúvida tenho pessoas fantásticas na minha vida, algumas que conheço há imenso tempo, outras para as quais nunca tinha falado, outras que, conheci recentemente e algumas que já perdi de vista. Todas elas têm tido a sua “importância” na minha maneira de estar, na forma como enfrento a vida, na minha alegria, e todas elas sem excepção me têm feito sentir-me mais eu.


O passado, neste momento serve apenas, e só, para reflectir, para aprender com os erros, para ser mais ponderada na escolha das pessoas com quem me relaciono. O passado é uma parte de mim que moldo consoante preciso e quero. Falar do passado não me atormenta, simplesmente porque foi através dele que me tornei na pessoa que sou hoje. Aprendi acima de tudo a não viver na minha concha como antes, aprendi a sair, a divertir-me, aprendi a apreciar uma boa conversa, uma boa companhia, aprendi que a noite não serve apenas para pensar na vida, mas também para aproveitar, mas e sobretudo, assimilei muitas coisas ás quais dava muita importância, quando na realidade não mereciam nenhuma. No fundo continuo a ser a mesma, com a mesma simplicidade, com as mesmas virtudes e defeitos, mas menos ingénua e reservada. Não me dou a conhecer facilmente, e é assim que quero continuar a proceder, de forma sóbria e prudente.


Tem sido essencial toda a descoberta á minha volta, e hoje sei reconhecer o que quero, o que não quero, o que preciso e essencialmente o que não preciso e não quero para mim…


Não sou música, sou apenas um acorde menor a deslizar na melodia…

domingo, 6 de dezembro de 2009





Andava mesmo a precisar de abrir horizontes...
Sinto-me tranquila
Sinto a simplicidade de ser eu...

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

A força da Imensidão



As noites já não são a mesma coisa quando não sinto no meio do escuro o som do comboio, a deslizar lá em baixo, por entre a serra.
É bom olhar para a imensidão e no meio de tanta, mas tanta escuridão ver aquelas luzinhas brancas que me trazem uma intensidade que me pertence sempre, mas que se torna mais forte e persistente quando a noite chega, as mesmas luzinhas que me enchem o coração de magia.
É á noite que consigo ver as coisas mais puras, mais veementes, as coisas mais simples que a vida me dá, mas também as mais lindas. É neste escuro que permanecem todos os meus sentidos, todas as minhas verdadeiras emoções.
É á noite que consigo sonhar, minuto a minuto sem que nada nem ninguém me possa ouvir…

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

PALAVRAS



Sinto o coração a bater, a cada segundo, a palpitar neste abrigo que encontrei sem querer e do qual não quero sair. Não quero porque aqui sou eu, com toda a magia de existir, sou eu nas palavras, nas emoções, nas reflexões que a vida me ensinou a trazer por perto, nas quais me apoio e seguro nos momentos em que o vento sopra e me quer levar daqui e até mesmo quando a chuva cai de desliza pela janela do meu quarto, nas horas em que penso, e escrevo as mais doces e tantas e tantas vezes as mais amargas palavras.

As palavras dão vida ao papel, ao papel em tons pastel que se torna uma imensidão de sentimentos e sensações únicas. Um papel que trás ao meu peito uma melodia que nem a todas as horas sou capaz de ouvir… Uma melodia em tonalidades que me enchem o coração, que me fazem querer viver, mais e mais.

Essa folha tem sido, aos poucos, preenchida pelas palavras, pela magia das frases, das letras que ligo entre si e me dão tanta tranquilidade no peito, neste bocadinho que tenho dentro de mim que é só meu e daqueles que amo, que me pertencem, daqueles que de uma maneira ou de outra permanecem á minha vida.

Nestas horas, enquanto o sol se põe e a noite me preenche sinto-me com força para escrever as minhas vivências, os meus afectos, os meus sentires, e sem dúvida alguma que sinto a magia de ser eu…

sábado, 28 de novembro de 2009

O Silêncio... O meu Silêncio




A noite é das coisas mais lindas que a natureza tem, o luar, as estrelas, o silêncio…
Amo o silêncio de uma forma quase que absoluta, por tudo aquilo que me dá, pela sua essência e por me trazer tantas e tantas percepções.
É á noite que as coisas surgem com mais nitidez, e é com o escuro lá fora que a minha cabeça me consegue levar ao mais profundo do que tenho, ao meu interior…
A noite tem sido uma boa conselheira, em todos os momentos e circunstâncias, tem sido um refúgio onde me sento para rever de perto tudo aquilo que fui, tudo o que sou e o que espero vir a ser.
Nestas horas em que estou sozinha com as palavras sinto-me como que num lugar perfeito, um lugar onde apenas estou eu e mais ninguém, num lugar onde ninguém me pode ver, tocar ou sentir.
Tenho tantos sentimentos dentro de mim, tantos, tantos… Tantos sentires que são só meus, que só eu sinto. Outros que não são meus, apenas os abraço a esta hora, enquanto todos dormem.
Vivo num mundo que é meu, e no qual só entra quem eu deixo, num sitio em que sou eu própria, com todas as coisas boas, as menos boas, todas as realidades e todas as vivências, todas as aprendizagens que a vida me dá.
Aqui, agora neste quarto sou apenas um pedaço de papel escrito em linhas finas e voz baixinha para que o silêncio me consiga ouvir. Neste quarto onde sou pura imensidão, a imensidão de mim, da minha vida.



Um Silêncio perfeito e prateado que será sempre meu!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Eterno Luar



Eterna magia

Eterno luar

Mais uma noite

Um perfeito sonhar.

Refúgio perfeito

Dentro de mim

Pensamentos intensos

Sentimentos sem fim.

Sentimentos do fundo

Um perfeito coração

Uma alma sorridente

Pura imensidão.

Por entre as palavras

Por entre a solidão

Por entre a vida

Eterna recordação.

Melodia que entendo

E que sei decifrar

Enquanto tiver vida

Enquanto houver luar.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Descansa em Paz Joana


Nem sei bem como começar…

É-me particularmente difícil escrever acerca deste assunto, mas após um longo período de ponderação e passada quase uma semana depois do que aconteceu sinto-me com alguma força para escrever acerca de algo tão triste e tão, mas tão degradante.

Sou da terra do David, convivi na minha infância com ele, andámos juntos na creche e brinquei com ele algumas vezes, e isso é que me leva a escrever este post.

O David era um rapaz calmo, filho único, uma criança que teve tudo, e quando me refiro a tudo é mesmo tudo. O David teve uma vida que todas as crianças do mundo gostavam de ter e mesmo assim tornou-se numa pessoa estranha e surpreendente (pela negativa), infelizmente.

O David que eu conheci há uns anos atrás desiludiu-me a mim e ao país.
O David matou a Joana!

Não queria acreditar quando vi a fotografia dele no Jornal, não queria acreditar no que ele foi capaz de fazer, não posso, de forma alguma entender, nem eu nem ninguém. O David traiu a confiança de todos os que o amavam, de todos os Amigos, de todos os que o conheciam, o David deixou o país chocado com uma história tão macabra, tão trágica, matou a namorada que tinha há cinco anos, acabou-lhe com a vida. Como é que partilhamos a vida com um namorado num período tão longo e não chegamos a conhece-lo?

Quando penso neste caso vem-me uma frase á cabeça: Amamos a pessoa Amiga, mas por vezes nem Amigos somos da pessoa que amamos.

Não era Amor, o Amor é um sentimento puro, verdadeiro. Amar é fazer o outro feliz e não tirar-lhe a vida.

Há coisas que me impressionam e me chocam de tal forma que até me tiram o sorriso.

Isto não tem desculpa, não tem explicação, só espero que seja feita justiça!


Á Mãe da Joana, ao irmão, família e Amigos desejo toda a força e coragem para continuarem a viver.

Descansa em Paz Joana

domingo, 22 de novembro de 2009

Sou...



Sou pássaro que voa
Sou pura inspiração
Um pedaço de terra
A força de um furacão.
Sou as horas inteiras
Que passo a divagar
Bocadinhos de mim
Que tento encontrar.
Sou alma que sonha
Por entre as canções
Sou maré cheia
Um porto de emoções.
Sou simples no sentir
Do coração até á voz
Quando a noite começa
Instante veloz.
Sou estrela que brilha
Em cada luar
Quando a vida se agita
A cada acordar.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Praia da Vida



Sou onda breve
Que não tem fim
Um pássaro que voa
Por dentro de mim.
Sou alma intensa
Que adora vaguear
Por entre as palavras
Por onde houver Mar.
Sou poesia escondida
Em tantas canções
Uma mulher que sonha
Um Mar de emoções.
Magia perfeita
Intensidade rematada
Sou o verso da vida
Um caminho
Uma estrada.
Mil tons escondidos
Por entre o luar
O arco-íris que brilha
Uma alma especial.



A PRAIA DA VIDA É UM TURBILHÃO DE SENTIRES,
UMA MELODIA QUE ME AQUECE O CORAÇÃO

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

AMIZADE SEM FIM





O Mar.. o meu eterno ouvinte de tantas horas, de tantos momentos, de tantas marés que a vida leva e trás, o Mar de tantas vidas, de tantos sentimentos, de tantos corações,, o Mar que é imenso e me transmite uma imensidão de sentires, o Mar… O Mar daquilo que sou…

Hoje estou aqui para falar de Amizade, apenas em Amizade, e tudo que relaciona com ela. As palavras são poucas e fugazes quando quero falar de sentimentos e emoções, mas creio que vou ser capaz de me exprimir, da melhor forma e da forma mais clara.

Creio que nada acontece por acaso, e não foi por acaso que há uns anos atrás te encontrei, a ti e ao teu lindo cantinho. Um cantinho que encontrei e que me apaixonou desde o primeiro segundo, um lugar lindo, repleto de sentires, de vivências, repleto daquilo que és. Um Endless Sea de emoções

Falar de Amizade não é fácil quando temos na nossa vida pessoas maravilhosas, puras… Amigos de verdade.
Não é fácil falar de ti, daquilo que és, do que transmites…

Ao longo destes anos nada mudou em relação ao que penso de ti, nada mesmo. “Conhecer-te” é um privilégio, um descobrir dia após dia, conhecer-te é acreditar que afinal o mundo não mudou assim tanto e que afinal ainda há amizades verdadeiras, é sentir que podemos confiar e não ter medo do amanhã.

Tens-me ensinado tanto, tens-me feito ver tantas coisas, estiveste do meu lado quando eu mais precisei, Sempre! Soubeste ouvir-me, tiveste a capacidade de me ler, soubeste ouvir os meus silêncios, os meus sentires, soubeste, desde o primeiro minuto ouvir-me e ser frontal quando não concordavas comigo, porque os Amigos não são os que nos dizem a tudo que sim, mas os que nos sabem dizer não, e nos mostram as coisas, por mais que isso possa magoar, foste sobretudo a pessoa atenciosa e Amiga que eu sempre soube que eras, nunca me enganei em relação a ti.

Se há pessoas que me marcaram, sem a menor dúvida, uma delas foste tu, de uma forma positiva e feliz, e sinto-me orgulhosa por ser tua amiga, por estares no meu coração e na minha vida, como dizia num post anterior dou muito valor á minha vida e a todos os que fazem parte dela, aos que me “pertencem” de alguma forma, e tu estás no meu coração e vais estar sempre, longe ou perto, em Portugal ou no Japão.

Tens um coração grande, e ai dentro só mora a simplicidade, a verdade, a beleza de seres TU. Tu és maravilhoso e tens um coração e uma alma imensas. Acreditas que nestes anos ainda não te encontrei um único defeito?!! É óbvio que os tens, que não és perfeito, ninguém o é, mas devem ser uns defeitos tão pequeninos que não os consigo apontar.

Jorgito, isto é para ti, por tudo o que foste e o que representas na minha vida, és o Amigo mais especial que alguém pode ter.

ENDLESS SEA/ SILÊNCIO PRATEADO *PARA SEMPRE*

ADOROTE, sabes bem… e é assim que escrevemos, porque assim é mais verdadeiro, sem o tracito…

P.S: desculpa ter-te roubado a imagem, mas não podia deixar de o fazer, espero que me perdoes he he!

Da MARcita para Jorge MARtinho…

O MAR está em nós… SEMPRE!!

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Pura Essência




Um silêncio prateado
Que me ensina a sonhar
Que me transporta daqui
Para
um sitio particular.
Um jeito de ser
Uma alma invulgar
Uma voz
dentro de mim
Que me leva a voar.
As
palavras que pinto
Dentro do m
eu
coração
São pura magia
Momentos de inspiração.
O perfume da
vida
Do meu
interior
Que
levou a ferida
Que eu sabia
de cor.
Perfume intenso
Perfume invulgar
Espelho
de mim
Em frente ao Mar.
Um Mar que conheço
Que me conhece tão bem
Que me ouve
de dia
E muito além.
O
sorriso escondido
Que levo
daqui
Uma essência vivida
Uma maré se
m fim.
Refúgio perfeito
Colocado na voz.
Palavras
que sinto
Palav
ras ao vento
Sitio
em que habito
Neste mar intenso.
Estrela b
rilhante
Capaz d
e sorrir
Bocados d
e mim
Pensamentos mil.

domingo, 8 de novembro de 2009





Caminho distante
Silêncio invulgar
A magia da vida
Uma forma de sonhar.
A lua a brilhar
Por entre os caminhos
Por entre mil cores
Por entre destinos.
Uma noite diferente
Sombra particular.
Uma alma que sonha
Em cada acordar.
Beleza intensa
Por entre o luar.
Um sonho completo
Até a noite acabar.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

A Pintura em Mim...





[A pintura é um porto seguro dentro de mim]






domingo, 1 de novembro de 2009

Eu...


Nome?
Márcia
Cor do cabelo?
castanho escuro
Cor dos olhos?
castanhos.
Nacionalidade?
portuguesa.
Irmãos?
um irmão
Signo?
aquário
Filhos?
não faço grandes tensões disso nos próximos tempos
Peixe ou carne?
peixe
Comida favorita?
bacalhau com natas
Sobremesa favorita?
gelado de morango
Bebida favorita?
coca-cola.
Dia favorito do ano?
todos os dias…
Dia da semana favorito?
sábado
Inverno ou verão?
verão, claro!
Beijo ou abraço?
abraço! Um abraço é sempre especial!
Os meus maiores defeitos?
Teimosia e orgulho
Defeitos que não suporto nos outros?
Hipocrisia, falta de honestidade e mentiras
Objectos que quanto mais tenho mais quero?
Bem, porta moedas e relógios (nunca são demais!)
Mac Donald's ou Pizza Hut?
mac (mac chiken forever).
Café ou capucciono?
café.
Manhãs ou noites?
noites, sempre! As melhores conselheiras
Palavrões?
as vezes lá saem.
Perfume?
Angel de Thierry Mugler no Inverno.
Noa no verão.
Cor favorita?
cor-de-rosa e os seus variantes.
Filme favorito?
"Golo - o filme"
Praia ou montanha?
praia, claro.
Livro favorito?
Todos os que li da Margarida Rebelo Pinto.
Que livro que estou a ler?
“Vou contar-te um segredo” de Margarida Rebelo Pinto
Um lugar?
O meu quarto
Uma música?
Halo- Beyonce
Tema de conversa que detesto?
futebol
Uma viagem?
Itália.
Lugar mais longe onde já estive?
na minha adorada Suiça.
Ser feliz é?
acreditar que nada é impossível.
Medo?
Tenho pouco medo.
O que gosto mais em mim?
da minha alma
Hobbies?
escrita, pintura.
Fobias?
alturas
Disciplina favorita na escola?
português
Melhor sentimento do mundo?
A amizade
Um lugar onde nunca estive e gostava de ir?
Cabo Verde
Se fosse outra pessoa, seria minha amiga?
acho que sim.
Sou uma pessoa forte ou fraca?
Forte, mais do que sou é improvável.
Objectivo de vida?
ser feliz.
De quem sinto saudades?
Das pessoas que estão longe e que estão no meu coração.
Há alguma coisa que me arrependa de já ter feito?
há.
Qual é a palavra que mais uso no msn?
olá
Dia perfeito?
o dia em que me sentir totalmente realizada.
Na parede do meu quarto?
tenho uma tela pintada por mim, um quadro rosa.
Qual é o pensamento que tenho ao acordar?
"mais um dia”
Como quero morrer?
durante o sono. porque acredito que assim sonharei para sempre.
Daqui a dez anos imagino-me…
na minha casa, com o meu trabalho e um salário adequado ás minhas necessidades.